Categorias
Notícias Segurança

Polícia Civil cumpre 200 mandados contra organização criminosa no Ceará, pelo menos 10 são presos.

Operação “Aditum” cumpre mandados de busca e apreensão e prisão por tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro

A Polícia Civil cumpre mais de 200 mandados de prisão e de busca e apreensão contra uma organização criminosa nesta quinta-feira (27) no Ceará. Segundo a polícia, pelo menos 10 criminosos foram presos, até as 7h52.

Os agentes cumprem 47 mandados em Fortaleza. O restante está sendo cumprido em outras cidades do estado onde os criminosos também atuavam.

Os 10 presos foram encaminhadas ao Complexo de Delegacias Especializadas (Code). Conforme a polícia, os alvos respondem por crimes como tráficos de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro e por integrar organização criminosa no Ceará.

De acordo com a Polícia Civil, a operação é realizada pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), com o coordenação do Departamento Técnico Operacional (DTO).

Também participam da ação policiais civis dos departamentos de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), de Recuperação de Ativos (DRA), além dos departamentos de Polícia Judiciária da Capital (DPJC), Metropolitana (DPJM), do Interior Sul (DPJI-Sul), do Interior Norte (DPJI- Norte), de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core).

Fonte: Ceará Noticias.

Categorias
Caucaia Notícias Segurança

Polícia apaga frase de muro que ‘proibia’ entrada de motorista de aplicativo em Caucaia na manhã desta sexta-feira (14)

A Polícia Militar apagou, na manhã desta sexta-feira (14), uma pichação em um muro no Bairro Jurema, em Fortaleza, que “proibia” a entrada de motoristas de aplicativo no local. O muro continha a frase “por gentileza não enta uber na favela” .

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Polícia Militar realiza diligências para identificar os autores da pichação. “O mesmo trabalho é feito pela SSPDS em diversos bairros da capital e Região Metropolitana, no intuito de apagar mensagens de apologia ao crime”, informou a Pasta.

Procurada, a empresa de transporte por aplicativo Uber informou que não irá se posicionar sobre do caso.

Mapeamento de grupos criminosos

Conforme a SSPDS, no aplicativo Portal do Comando Avançado (PCA) existe a função “Pichação”, desenvolvida em uma parceria entre a SSPDS e o Laboratório de Processamento de Imagem, Sinais e Computação Aplicada (Lapisco), vinculado ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Nele, os profissionais de segurança pública utilizam um aparelho celular para fotografar as pichações e enviarem para o aplicativo. A coleta de dados permite estabelecer padrões e comportamentos de integrantes de organizações criminosas no Estado.

Crime de pichação
Segundo a Legislação Penal, Lei de Crimes Ambientais, Lei Federal n° 9.605/98, pichação é crime. Conforme o Art. 65, “pichar, grafitar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano: Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.”

Fonte: Jornal Caucaia

Categorias
Segurança

Fortaleza: CPRaio e 16° BPM da PMCE captura trio após roubo contra estabelecimento comercial na Capital

Um adulto e dois adolescentes foram capturados suspeitos de cometerem um roubo em um estabelecimento comercial localizado no bairro Messejana – Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3) de Fortaleza

A prisão foi realizada na manhã desta segunda-feira (20) em Fortaleza, por equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do 16° Batalhão da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Durante a ação, um revólver calibre 38, um simulacro de arma de fogo e objetos roubados foram apreendidos. O flagrante foi realizado na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

O trabalho policial foi iniciado logo após os policiais militares de Fortaleza, que realizavam patrulhamento ostensivo pela região, serem informados, via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), acerca de um roubo em um estabelecimento comercial na Rua Coronel Ernesto Matos. Quando chegaram ao local, os PMs constataram o fato e iniciaram as buscas aos suspeitos.

Após diligências pela região com o apoio de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS, três indivíduos foram localizados tentando pular um muro de um terreno baldio na Rua Rodolfo Borges, no bairro Eusébio (AIS 13). Um adulto identificado como Fábio Robério de Sousa Paulo (19) e dois adolescentes, ambos com 17 anos, foram capturados.

No imóvel, um revólver calibre 38, um simulacro de pistola, seis munições calibre 38, dois aparelhos celulares, um tablet e um ventilador foram encontrados. Diante dos fatos, o trio foi conduzido para a DCA. Na unidade policial, Fábio foi autuado em flagrante por roubo e corrupção de menores. Já para os adolescentes, um ato infracional análogo ao crime de roubo foi lavrado contra eles.

Categorias
Segurança

São Gonçalo do Amarante: Polícia Civil prende casal de idosos por tráfico de drogas nessa quinta (23)

Policiais Civis da Delegacia Municipal de São Gonçalo do Amarante e da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) deram cumprimento, na manhã desta quinta-feira (23), a mandados de busca e apreensão e de prisão na residência de um casal de idosos. Eles foram presos no bairro Golandim, no município de São Gonçalo do Amarante.

Durante as buscas, os policiais civis encontraram uma motocicleta com sinais de identificação suprimidos. Em desfavor de João Francisco da Silva, 64 anos, e Agueda Maria de Linhares Palhares Silva, 59 anos, havia mandados de prisão em aberto. Eles são conhecidos na região onde residem, São Gonçalo do Amarante, como “Vovô” e “Vovó” do tráfico.

Os dois foram levados ao ITEP para realização de exame de corpo de delito e, logo em seguida, transferidos para o sistema prisional.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque DEICOR, no número: (84) 3232-2862 ou, por meio do aplicativo WhatsApp, no número: (84) 98135-6796.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN