Categorias
Destaque Notícias Recentes

Obra de reparo da parede da barragem de Jati, no Ceará, vai levar até 10 dias, diz Ministério.

Duto da barragem que faz parte da Transposição do São Francisco estourou e duas mil famílias do entorno tiveram de ser retiradas.

A obra de reparo na parede da barragem onde um duto rompeu na sexta-feira (21) em Jati, no Sul do Ceará, pode levar até 10 dias, segundo Tiago Portela, representante do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). “O período para recompor a parede, o talude da barragem, vai ser de 7 a 10 dias”, disse.

A barragem faz parte do Eixo Norte da Transposição do São Francisco inaugurado pelo presidente Jair Bolsonaro em junho. O rompimento ocorreu um dia após a abertura da comporta de um canal que recebe água da transposição, evento que contou com a presença do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. O jato d’água provocado pelo vazamento atingiu a parede da barragem.

O rompimento causou pânico à população da região e duas mil pessoas precisaram deixas as residências em um raio de 2 km.

Segundo Portela, a recuperação da barragem está sendo feita em duas partes. “O primeiro momento é a recomposição do talude, que sofreu decomposição por causa do jato d’água do rompimento do duto. É isso que a gente tá fazendo, que é esse prazo de até 10 dias. O outro momento, a gente já iniciou paralelamente, os estudos com nosso corpo técnico, em uma solução para a retomada do bombeamento”, explicou.

Ainda não há previsão de quando as comportas da barragem vão ser abertas novamente para a distribuição de água da transposição do Rio São Francisco. “Isso é prematuro eu dizer, porque vai ter que fazer a reconstrução do duto e ter outras soluções. O que eu garanto é que o Ministério do Desenvolvimento Regional está trabalhando diuturnamente para que isso retome a normalidade da transposição do Rio São Francisco”, afirma.

Cerca de 200 pessoas trabalham na obra de recomposição, com equipes em turnos da manhã, tarde e noite, segundo o MDR.

Retorno dos moradores

Conforme Portela, um trabalho conjunto entre o Ministério, a Defesa Civil municipal, estadual e nacional, em parceria com a prefeitura de Jati, está trazendo moradores de volta às casas que estão nas áreas fora de risco.

Ele afirma que a retirada das pessoas foi feita de modo preventivo e, devido ao pânico com o rompimento, alguns moradores saíram das casas sem necessidade, pois “em uma possível inundação essas casas não seriam alcançadas”.

“No desespero da população, muitas pessoas acabaram saindo de suas residências sem necessidade. Agora, um trabalho conjunto com a Defesa Civil municipal, estadual e nacional, em parceria com a prefeitura de Jati, estamos retomando a população para as áreas que não foram atingidas. Estamos fazendo a demarcação com a nossa contratada, nossa operadora, e teremos profissionais de assistência social que darão todo o apoio a população”, disse.

Decreto de emergência

Representantes da prefeitura de Jati, do governo do estado e do governo federal se reúnem neste domingo (23) para formular um decreto de situação de emergência. O coordenador municipal da Defesa Civil, Juarez Nogueira Filho, informou que o documento deve ser publicado até segunda-feira (24).

O decreto tem como objetivo tornar oficial a situação de emergência no município e regularizar o destino dos recursos estaduais e federais na assistência e na restauração dos danos causados. Conforme Juarez, “a situação neste momento está praticamente estabilizada, não há mais vazamentos, mas existem regras da legislação e, por ser uma área que ainda há risco, temos que manter a evacuação”, explicou.

Uma fissura foi detectada na parede da base da barragem e analisada pelos engenheiros da Defesa Civil de Brasília. Segundo Juarez, a constatação da análise é de que a falha é superficial e, portanto, “não representa riscos para a segurança”, afirma.

Moradores relatam correria e susto

Moradores do entorno da barragem Jati afirmaram que levaram um grande susto com o rompimento do duto e que não tiveram tempo de buscar os pertences pessoais. Não há registro de feridos.

O aposentado José Cândido de Oliveira, 75 anos, morador de Jati, disse que estava em casa no momento do rompimento e viu as pessoas correndo pelas ruas. Ele foi levado junto a mulher para a casa de familiares após o ocorrido.

“Começou um corre-corre. Eu estava em casa, vi na estrada um monte de carro, um monte de gente correndo. A gente saiu de lá porque a gente estava correndo risco, não confiei de ficar lá. A sorte nossa é ter isso aqui(abrigo), se não ‘tava’ na rua. Não deu tempo pegar nada, só os documentos”, lembrou.

O comerciante José Adalto, que se abrigou em uma residência junto com Oliveira e família, disse que chegou a ver uma casa sendo levada pela força da água.

“Foi horrível, nunca vi na minha vida uma coisa assim. Era todo mundo correndo, dizendo que ia morrer, mandando correr para as áreas altas. Era mulher, menino, moto, exagero muito. Era muita água, era coisa feia. Tinha uma casinha embaixo, a água levou a casa, levou o poste, levou tudo. O pessoal deve ter saído na hora”, afirmou o morador.

Ele também lamentou o ocorrido e disse que está dividindo um abrigo com familiares, amigos e outros moradores do entorno da barragem. “Nunca imaginei que ia acontecer. Eu pensei que essa barragem era coisa boa pra gente, mas foi coisa ruim. Foi coisa horrível”.

Vazamento

Por volta das 17 horas de sexta-feira (21) um ponto do duto do Eixo Norte que transporta água da barragem de Jati estourou e gerou um imenso jato d’água que danificou a parede da barragem.

O vazamento foi contido horas depois, mas, durante a noite e a madrugada havia dificuldade de avaliação técnica da estrutura pela falta de iluminação.

No sábado (22), o ministro Marinho informou que a barragem estava “íntegra”, mas seriam necessárias 72 horas para estabilizá-la plenamente.

Fonte: G1

Categorias
Caucaia

Prefeitura de Caucaia requalifica e amplia iluminação pública de 1.385 vias, 136 localidades e bairros foram beneficiados.

A Prefeitura de Caucaia alcançou a marca de 1.385 ruas, rodovias e avenidas beneficiadas com serviço de ampliação e requalificação da iluminação pública. Ao todo, 136 bairros e localidades receberam as melhorias que garantem mais segurança, conforto e bem-estar para a população. A quantidade de vias beneficiadas supera a quantidade de logradouros no município em 2017: 1.317 (dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE). 

A marca foi comemorada nesta quarta-feira (12) pelo prefeito Naumi Amorim, no Capuan, com a presença de vereadores. “Se formos dividir a quantidade de ruas beneficiadas pela quantidade de dias de trabalho da nossa gestão, temos a entrega de mais de uma rua iluminada por dia no nosso município. Esse trabalho reflete na melhoria de 70% no parque de iluminação pública de toda a Caucaia. Tem rua de noite que parece dia. É uma conquista para todos os caucaienses”, comemora o prefeito Naumi Amorim. 

O trabalho é executado pela Secretaria de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans). “Além das vias iluminadas, também levamos essas melhorias para 33 praças e areninhas, 28 campos de futebol e duas quadras de esportes. São espaços que agora podem receber toda a família com mais dignidade. Caucaia está de parabéns. É um município iluminado”, pontua o titular da pasta, Assis Medeiros.  

Até julho de 2020, foram instaladas 5.582 novas luminárias, além da substituição de outras 16.616 (substituição de luz amarela por branca, garantindo uma iluminação de mais qualidade e gerando mais economia com custos em iluminação). O investimento nas melhorias está na casa dos R$ 41 milhões. 

O pipoqueiro Wilson Mota da Silva comenta que ir diariamente à Praça do Capuan agora dá gosto. “A gente vê que o povo sente mais segurança de circular na praça. Valoriza o espaço e nosso bairro, e as nossas vendas também”, comemora. 

Para Adriana Sousa, moradora do Capuan, ir caminhar nas redondezas da praça ficou melhor. “A gente esperava uma iluminação de qualidade há cerca de 10 anos. Hoje a gente tem“, finaliza a dona de casa.

Fonte: Prefeitura de Caucaia.

Categorias
Caucaia

Prefeito Naumi Amorim entrega obras do primeiro Camelódromo de Caucaia neste sábado (8) com evento e imprensa.

O prefeito Naumi Amorim entregou, na manhã deste sábado (8), as obras de um importante equipamento de ordenação urbana do Centro de Caucaia: o Camelódromo do Povo – Alfredo Leite Góis. O espaço tem capacidade para receber 733 comerciantes e garantirá mais segurança e conforto para o trabalho dos vendedores locais e visitantes. A entrega foi prestigiada pela deputada estadual Érika Amorim, primeira-dama do município.

“Esse espaço ficará na história do município. O Camelódromo do Povo é uma conquista grande, fruto de um trabalho intenso com o objetivo de dar aos comerciantes mais dignidade no seu trabalho. Já fui feirante, trabalhava vendendo mercadoria de sol a sol em situação precária, no chão mesmo, e entendo como ter um espaço como este é fundamental. Nossa missão é cuidar com carinho do povo e essa obra reflete exatamente isso”, comemora o prefeito Naumi Amorim.

“Ainda vivemos em um país muito desigual e a efetivação da entrega deste Camelódromo é, de fato, a realização de um sonho. Compartilho com cada um a alegria de ver este equipamento e parabenizo o prefeito Naumi Amorim, a gestão municipal e a todos os vereadores que se empenharam na aprovação do projeto. Caucaia dá mais um grande e importante passo em direção ao desenvolvimento”, comenta Érika Amorim, deputada estadual e primeira-dama.

O Camelódromo do Povo, localizado na rua Jerônimo do Amaral, nº 356, recebeu obra de terraplanagem, alinhamento do terreno, instalação de piso intertravado, projeto hidrossanitário, além da construção do centro da administração e banheiros, executados pela Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans).

Assis Medeiros, titular da SPSPTrans, classifica o Camelódromo como “uma das maiores conquistas já implantadas no município”. “Os comerciantes trabalhavam sem local digno, desorganizado, nas ruas e calçadas. Agora vão poder sair de casa orgulhosos por este espaço”, pontua o secretário.

“Ter esse espaço é uma conquista grande. O prefeito pensou na gente. Por muito tempo sofremos com problemas de estruturas e hoje temos o Camelódromo”, pontua Felipe da Costa, comerciante do Centro.

O cadastro dos comerciantes já foi realizado pela SPSPTrans. Para outras informações, entrar em contato com secretaria pelo telefone 3342 3577 ou na sede da pasta (rua José de Pontes, nº 279 – Açude).

Fonte: Prefeitura de Caucaia.

Categorias
Caucaia

Obras de revitalização da Estrada da Barra Nova alcançam 40% de execução

As obras de requalificação da Rua Eliezer de Freitas Guimarães, popularmente conhecida como Estrada da Barra Nova, seguem em execução e chegam a cerca de 40% de finalização.

O sistema de drenagem em sarjeta conjugada já está concluído em 900 metros da Estrada no sentido praia/centro (Icaraí). Conhecido popularmente como “vala”, o sistema de drenagem é responsável por captar a água da chuva e encaminhar para as “bocas de lobo”, que em seguida, escorrem a água para as galerias subterrâneas.

Orçada em mais de R$ 11 milhões, a intervenção integra o Avança Caucaia, maior programa de infraestrutura da história do município e um dos maiores do Ceará. A reforma da via era cobrada há mais de dez anos pela população.

“Nos trechos da obra em que avançamos nas melhorias da mobilidade dos moradores locais, já recebemos o agradecimento da população. Estamos ansiosos esperando pelo resultado final de toda a Estrada da Barra Nova”, conta o Prefeito Naumi Amorim. 

A via está recebendo serviços de drenagem, pavimentação, requalificação de passeios e iluminação pública. Atualmente, cerca de 1,3 quilômetros de pedra tosca já foram aplicados na via, para em seguida, receber o asfalto. 

Segundo Fábio Mota, coordenador do programa Avança Caucaia, a requalificação da estrada vai sanar os problemas na malha viária local. “O acesso dos motoristas será tranquilo e de qualidade, e o tempo de deslocamento do Litoral até a Sede, e vice-versa, será diminuído”, finaliza. 

Fonte: Prefeitura de Caucaia

Categorias
Coronavírus

Prefeitura de Caucaia segue com entrega dos kits alimentação para mais de 20 escolas da Jurema

“São mais 55 mil kits que estamos entregando neste terceiro lote, garantindo apoio na alimentação dos nossos alunos que estão assistindo aulas de casa”, comentou o prefeito de Caucaia Naumi Amorim

A Prefeitura de Caucaia continua nesta semana a entregar o terceiro lote do kit alimentação para as escolas da rede municipal de ensino localizadas na região da Jurema. São mais de 20 escolas, totalizando cerca de 9 mil kits. 

Os kits serão entregues para os alunos como forma de auxílio durante o cumprimento do isolamento social e do calendário escolar de forma remota, ocasionado pela pandemia do novo coronavírus. 

“São mais 55 mil kits que estamos entregando neste terceiro lote, garantindo apoio na alimentação dos nossos alunos que estão assistindo aulas de casa”, comentou o prefeito Naumi Amorim. Outros 110 mil kits alimentação adquiridos com recursos próprios da Prefeitura já foram entregues no mês de abril e junho. 

Segundo a secretária de Educação, professora Camila Bezerra, os pais ou responsáveis dos alunos só devem ir às escolas quando os diretores informarem quando os kits já estiverem disponíveis no local. “Entendemos que muitas pessoas ficam ansiosas neste momento, mas é importante manter a calma e não ir até a escola sem necessidade, pois estamos enfrentando uma pandemia e devemos cumprir o isolamento social”, finaliza.

As escolas da região da BR-020 e da BR-222 já receberam os kits e começaram a entrega para os alunos. Após concluir as entregas na Jurema, as escolas do Garrote começarão a receber os kits. A logística da entrega dos kits para as 187 escolas municipais é feita em parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (SME) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS).

Categorias
Caucaia Destaque

Saúde: Prefeitura de Caucaia planeja utilizar estrutura do Hospital de Campanha para realização de cirurgias eletivas

Pensando na saúde da população, a Prefeitura de Caucaia planeja utilizar a estrutura do Hospital de Campanha para a realização de cirurgias eletivas.

A Prefeitura de Caucaia planeja utilizar a estrutura do Hospital de Campanha para a realização de cirurgias eletivas após o fim da pandemia causada pelo novo coronavírus. O equipamento atualmente é utilizado para o atendimento exclusivo de pacientes diagnosticados com a Covid-19.

“É um equipamento com uma ótima estrutura que servirá para a realização de outros procedimentos clínicos. Quando a pandemia passar, vamos destinar o espaço para outros fins, garantindo mais estrutura em saúde para a população de Caucaia”, afirma o Prefeito Naumi Amorim.

O município de Caucaia vem registrando ao longo do mês de julho uma baixa taxa de ocupação dos leitos no Hospital de Campanha e uma redução na procura por atendimentos nas Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) de pacientes com sintomas da Covid-19. Na manhã desta quarta-feira (22), apenas 6 pacientes com coronavírus estavam internados, sendo 5 na enfermaria e apenas 1 na UTI.

“Avaliamos que podemos fechar o Hospital de Campanha no mês de agosto. Temos esta esperança a partir dos indicadores”, afirma o secretário de saúde de Caucaia, Moacir Soares. “Mas devemos continuar vigilantes no combate ao vírus e ainda cumprir rigorosamente as medidas de isolamento social e higiene em saúde para evitarmos uma segunda onda de contaminação”, ressalta.

Ele enfatiza que esta é uma grande iniciativa para a retomada dos serviços hospitalares que ficaram represados durante a pandemia. “Nosso objetivo é que o sistema de saúde de Caucaia retome na íntegra todas as ações e serviços na sua plenitude a partir de agosto”, finaliza Moacir. 

Diversas especialidades podem ser contempladas como traumatologia, ginecologia, oftalmologia e cirurgias gerais, em procedimentos de hérnia, vesícula, vasectomia, histerectomia, laqueadura, oforectomia e colpoperinioplastia.

Fonte: Prefeitura de Caucaia

Categorias
Caucaia

Prefeitura de Caucaia inicia nesse dia 20 operação de recuperação asfáltica no Grilo

A ação faz parte do pacote de melhorias e investimentos da atual gestão de Caucaia.

A Prefeitura de Caucaia iniciou nesta segunda-feira (20) a operação de restauração asfáltica no Bairro do Grilo. Os trabalhos são realizados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) com o objetivo de melhorar a fluidez no trânsito e assegurar uma mobilidade urbana com mais qualidade para motoristas e pedestres.

Cerca de 20 homens da secretaria realizaram o serviço de capinação e limpeza na Rua Joaquim Bento Cavalcante, que em seguida, recebeu a nova pavimentação asfáltica. “Toda obra traz um pouco de transtorno. Pedimos o apoio e compreensão da população neste momento que as obras estão acontecendo. Mas ao final, vamos entregar uma via completamente reestruturada”, afirmou o prefeito Naumi Amorim

Ele ressalta que a operação de revitalização das vias realizada pela Prefeitura de Caucaia vai abranger todos os bairros e localidades da cidade. “Queremos mais conforto e agilidade na locomoção para a população”, diz o prefeito.

Segundo o titular da Seinfra, Kaká Pires, o início da operação também foi motivado pelo período de chuvas intensas que castigaram as ruas de Caucaia. “Este ano as chuvas foram fortes e danificaram diversas vias, incluindo as próximas de onde acontecem as principais obras da cidade. Somando a isso, temos o tráfego de máquinas pesadas destas obras, o que ocasionou danos nas ruas prejudicando o tráfego. Por isso, iniciamos esta operação para solucionar estes transtornos no tráfego de veículos e pedestres”, finaliza.

A ação faz parte do pacote de melhorias e investimentos da atual gestão. Os recursos são oriundos da própria Prefeitura. Os trabalhos iniciaram na última quarta-feira (15) e continuam sendo realizados no Marechal Rondon, Metrópole e Itambé.

Fonte: Prefeitura de Caucaia